terça-feira, 30 de julho de 2019

NOSSO SITE NO PAN LIMA - QUADRO DE MEDALHAS


  1. Estados Unidos 28/22/15/68
    México 13 / 8/ 22 E 43
  2. 3
    Brasil 10/ 8/ 16 / 34
  3. 4
    Canadá 8/ 19/ 15 / 42
  4. 5
    Argentina 8/ 6/ 10/ 24
  5. 6
    Colômbia8/ 6/ 10/ 24
  6. 7
    Cuba 5/ 8/ 7 E 20
  7. 8
    Peru
    4
    2
    5
    11
  8. 9
    Chile
    3
    5
    5
    13
  9. 10
    Rep. Dominicana
    2
    4
    8
    14
  10. 11
    Venezuela
    2
    1
    5
    8
  11. 12
    Equador
    1
    3
    7
    11
  12. 13
    Porto Rico
    1
    1
    3
    5
  13. 14
    Guatemala
    1
    1
    1
    3
  14. 15
    Nicarágua
    0
    0
    2
    2
  15. 16
    Antígua e Barbuda
    0
    0
    1
    1
  16. 17
    Costa Rica
    0
    0
    1
    1
  17. 18
    Jamaica
    0
    0
    1
    1
  18. 19
    Trinidad e Tobago
    0
    0
    1
    1
  19. 20
    Uruguai
    0
    0
    1
    1
  20. -
    Aruba
    0
    0
    0
    0
  21. -
    Bahamas
    0
    0
    0
    0
  22. -
    Barbados
    0
    0
    0
    0
  23. -
    Belize
    0
    0
    0
    0
  24. -
    Bermudas
    0
    0
    0
    0
  25. -
    Bolívia
    0
    0
    0
    0
  26. -
    Dominica
    0
    0
    0
    0
  27. -
    El Salvador
    0
    0
    0
    0
  28. -
    Granada
    0
    0
    0
    0
  29. -
    Guiana
    0
    0
    0
    0
  30. -
    Haiti
    0
    0
    0
    0
  31. -
    Honduras
    0
    0
    0
    0
  32. -
    Ilhas Cayman
    0
    0
    0
    0
  33. -
    Ilhas Virgens Americanas
    0
    0
    0
    0
  34. -
    Ilhas Virgens Britânicas
    0
    0
    0
    0
  35. -
    Panamá
    0
    0
    0
    0
  36. -
    Paraguai
    0
    0
    0
    0
  37. -
    Santa Lúcia
    0
    0
    0
    0
  38. -
    São Cristóvão e Névis
    0
    0
    0
    0
  39. -
    São Vicente e Granadinas
    0
    0
    0
    0
  40. -
    Suriname
    0
    0
    0
    0

NOSSO SITE NO PAN COM O COB






Lima 2019

Taekwondo do Brasil faz campanha histórica nos Jogos Pan-americanos

Equipe conquista sete medalhas, em oito possíveis, supera Rio 2007 e obtém o primeiro ouro entre as mulheres na modalidade na história do evento esportivo







          O taekwondo brasileiro brilhou nos Jogos Pan-americanos de Lima, no Peru. Nesta segunda-feira, dia 29, a equipe fechou sua participação no evento esportivo com sete medalhas, em oito possíveis, sendo dois ouros, duas pratas e três bronzes. O resultado na capital peruana supera o do Rio de Janeiro, em 2007, quando o Brasil conquistou um ouro, duas pratas e um bronze. Além disso, pela primeira vez o país conquistou duas medalhas douradas numa mesma edição. O ineditismo também foi para o feminino, que nunca havia subido no topo do pódio em Jogos Pan-americanos.
“Estou muito feliz, o taekwondo brasileiro está em festa. Os resultados mostram que estamos no caminho certo. Sabíamos do nosso potencial, trabalhamos em conjunto com o Comitê Olímpico do Brasil para buscar isso. Essas conquistas são dos atletas, dos treinadores, da confederação, de todos que torcem. É um resultado construído a muitas mãos”, disse uma emocionada Natalia Falavigna, chefe de equipe da modalidade em Lima.
          A primeira medalha de ouro do taekwondo feminino na história dos Jogos Pan-americanos veio com Milena Titoneli (até 67kg). Ela começou sua campanha em Lima com vitória sobre a colombiana Katherine Dumar, por 9 a 8, nas quartas de final. Na semifinal, a brasileira derrotou a cubana Arlettys Acosta, por 10 a 5. O ouro veio após o triunfo sobre a americana Paige Mc Pherson, por 9 a 8.
              “Eu nem sei explicar, ainda não caiu a ficha. É uma grande conquista, tenho certeza que é a primeira de muitas. Agradeço a todos que estão ao meu redor, essa medalha é minha e de todos que me apoiam”, afirmou a lutadora.
            O outro finalista do dia foi Ícaro Miguel (até 80kg). Ele começou sua campanha nas quartas final derrotando Elvis Barbosa, de Porto Rico, por 21 a 17. Na semifinal, eliminou o dominicano Moises Hernandez, por 8 a 7. Na decisão, acabou derrotado pelo colombiano Miguel Angel Trejos, por 19 a 17. “Estou muito feliz por mais esse feito histórico da equipe de taekwondo do Brasil.      Uma geração vencedora que ainda vai trazer muitas alegrias para o nosso país”, disse.
          Nesta segunda-feira, o Brasil ainda conquistou duas medalhas de bronze com Maicon Andrade (acima de 80kg) e Raiany Fidelis (acima de 67kg). No domingo (dia 28), Edival Pontes (até 68kg) havia subido no degrau mais alto do pódio. E no sábado (dia 27), primeiro dia de competição, a equipe brasileira havia conquistado a prata com Talisca Reis (até 49kg) e o bronze com Paulo Ricardo (até 58kg).

resumão 

 


      Confira as demais modalidades com participação de brasileiros nesta segunda-feira em Lima:
          Basquete 3x3As seleções brasileiras masculina e feminina de basquete 3x3 acabaram na quarta colocação nos Jogos Pan-americanos depois de duas derrotas nesta segunda-feira. Os homens foram derrotados pelos Estados Unidos por 21 a 12 nas semifinais e pela República Dominicana na disputa do bronze por 19 a 17 na última bola. Muito semelhante com o desempenho do feminino, que caiu ante as americanas nas semifinais por 21 a 5 e foram superadas pelas dominicanas por 20 a 15 na decisão do terceiro lugar.
       Levantamento de pesos - Serafin Veli e Marco Gregório competiram na categoria 96kg, no Coliseu Mariscal Cáceres. Os brasileiros encararam uma prova com altíssimo nível técnico, mas não conseguiram conquistar medalhas. Veli terminou na quinta colocação, levantando 365kg, enquanto Gregório terminou em sétimo, levantando 358kg.
         TiroNa fossa olímpica, o Brasil teve três atletas em ação nesta segunda. No masculino, Fernando Silveira está na segunda colocação com 49 pratos depois das duas primeiras rodadas, de cinco que serão disputadas. Roberto Schmits está na 10ª colocação. No feminino, Janice Teixeira ficou na 12ª colocação fora das finais. No revezamento misto da pistola de ar, as duplas brasileiras não alcançaram a final. Júlio Souza e Thaís Moura ficaram na 15ª colocação e Philipe Neves e Rachel Castro acabaram na 18ª colocação.
        Vôlei de PraiaNa disputa de 5º a 8º, Oscar/Thiago foi derrotado pela dupla do Uruguai, Mauricio Vieyto/Marco Cairus por 2 sets a 0, parciais de 21/13 e 22/20. Nesta terça, a dupla disputa o 7º lugar contra a dupla chilena. No feminino, Carol Horta e Ângela vão para a disputa do bronze depois de terem sido derrotadas pelas norte-americanas Karissa Cook/ Jace Pardon por 2 a 0 (24/22, 21/16). No jogo pela medalha, elas enfrentam a dupla de Cuba.
         BadmintonDuas vitórias e uma derrota na estreia do masculino. O favorito Ygor Coelho venceu Uriel Canjura, de El Salvador, na estreia no torneio individual por 2 a 0 (21/19, 21/11). E Francielton Farias bateu Roberto Carlos Herrera, de Cuba, por 2 a 1 (21/16, 18/21 e 21/14). Já Arthur Pomoceno acabou caindo ante o mexicano Luis Montoya por 2 a 0 (22/20 e 22/11). No feminino, Fabiana Silva passou pela mexicana Sabrina Solis por 2 a 0 (21/11, 21/16). Jaqueline Lima venceu a cubana Yeily Ortíz por 2 a 0 (21/12, 21/12)
          Surfe - A modalidade fez a sua estreia nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, nesta segunda-feira (29) e os brasileiros asseguraram vitórias em suas primeiras apresentações nas ondas de Punta Rocas. Robson Santos venceu o equatoriano Israel Barona, com direito à melhor onda até o momento, 7,5 e a maior média da categoria, 14,5 pontos de 20 possíveis. Já Karol Ribeiro superou a panamenha Enilda Alonso, numa decisão apertada – 8,90 a 8,77. Os dois atletas do Time Brasil já avançaram para o Round 2. 
           Nado ArtísticoO dueto formado por Laura Miccuci e Luísa Borges terminou a rotina técnica na quarta colocação. Na quarta-feira, a partir das 14h no horário de Brasília, será realizada o programa livre.