sexta-feira, 16 de agosto de 2019

QUILISPORT FECHA A PRIMEIRA SEMANA EM TOKYO

QUILISPORT REALIZA ENTREVISTA COM O COMITE ORGANIZADOR DE TOKYO 2020 
Na tarde dessa sexta-feira, realizamos a agenda já marcada pela colega Kaho Akiyama, entrevistando Kentaro Kato, Diretor de Projetos e Relações de Midia do COMITE ORGANIZADOR DOS JOGOS OLÍMPICOS DE TOKYO.
A dinâmica de administração tem a aç
ão direta do Governo Federal e do Governo de Tokyo. Estarão em disputa mais de 11 mil atletas, 339 medalhas para a disputa de 33 modalidades esportivas. Essa entrevista aconteceu num clima amistoso entre  JAPÃO e BRASIL, já também existe esse clima entre o COMITE OLÍMPICO DO BRASIL E COMITE OLIMPICO JAPONÊS.
  
 No HARUMI TRITON SQUARE OFFICE - Tower Y em Chuo-Ku, sede do COMITE ORGANIZADOR DE TOKYO 2020.

 
 Kato foi muito receptivo, porque se idenfica com o BRASIL. Pois esteve por 2 anos,  durante a Olimpiada RIO 2016, como integrante do CONSULADO JAPONES no RIO.
 
 Estamos com Kentaro Kato, do Comitê e com Gustavo Bajjoto, intérprete na entrevista.
Kato para responder nossas perguntas, com o interprete GUSTAVO, valeu-se, muitas vezes do MEDIA GUIDE, documento que sintesa até agora todo o trabalho do COMITE ORGANIZADOR DA OLIMPIADA e da jornalista Kaho, que esteve conosco na entrevista com TAKARA, em agosto de 2017.

 ENTREVISTA____________________________________________


           A  entrevista se transcorreu , num clima de cortesia, até porque, Kato tem uma aproximação com o Brasil e contamos como intérprete,  com o amigo Gustavo, Professor de Educação Física, que mora mais de 21 anos no Japão e por isso conhecedor do assunto e tudo fluiu muito bem.
            Com o documento apresentado - MEDIA GUIDE - subsidia muito bem o desenvolvimento do trabalho do CCO JOGOS. Abordamos a posição atual, as preocupações do Comitê, as instalações ( principalmente as mais atrativas que são o ESTADIO OLIMPICO e a VILA OLIMPICA), Voluntários, Orçamento dos Jogos e Tikets para o japonês e para o resto do mundo.
           Kato disse que todos esses pontos apontados por nòs, são exigências do COMITE OLIMPICO INTERNACIONAL - COI e que andam, neste 1 ano que falta, dentro do Planejamento.
          Como nós visitamos várias instalações, perguntamos ao Kato, se ele confirma que o Estádio Olímpico será inaugurado até o final do ano. Ele  disse que está previsto. Sobre a VILA OLIMPICA, que parece um amontoado de prédios, um condomínio de várias torres, sem no momento, dar uma ideia de VILA OLIMPICA aprazível e de descanso para o atleta, ele disse que falta ainda algumas reposições que melhorarão o visual. 
OLIMPÍADA DO RIO É REFERENCIA - Kato destacou que espera se confirmar na OLIMPIADA DE TOKYO várias aspectos da Olimpiada do Rio, principalmente , atalegria estampada na equipe de trabalho, atenção e a Educação Olímpica com as escolas, entendendo isso de suma importância para a continuidade dos JOGOS OLÍMPICOS, o que chamam de CONEXÃO COM O FUTURO. Reforça que a OLIMPIADA está sendo feita para o povo japonês e para o mundo e que os princípios olímpicos devem ser observados e os propósitos da PAZ, RESPEITO e DISCIPLINA devem estar presente e que a alegria que foi permanente no RIO possa acontecer em TOKYO.
     TIKETS - Iniciaram aqui as reservas dos ingressos e que cada pais que integra o Comitê Olímpico Internacional - COI tem uma cota de ingressos.
     VOLUNTÁRIOS - Projetam a atuação  em torno de 80 mil voluntários ao longo dos JOGOS. E para surpresa da COORDENAÇÃO teve 200 mil e que agora estão sendo feito a seleção.
     ORÇAMENTO - Sobre os gastos orçamento da OLIMPIADA, Kato disse que se mantém inalterado, porque , há um compromisso dos dois Governos ( estadual e federal) de execuções de tarefas baseadas no compromisso inicial e isso deve se manter. Perguntamos pelos acontecimentos desagradáveis no Brasil, no balanço dos gastos olímpicos ele disse que aqui não deve acontecer, por ser uma sistemática que aquilo que foi planejado, não será mexido, troque ou não troque de Governo.
   

 Após a enrevista, tanto por QUILISPORT como pelo COMITE ficou registrado o momento
 Gustavo, Kaho, Clery e Kato

Clery e Kato, tudo no ato
QUILISPORT ESTARÁ EM HAMAMATSU - No domingo, estaremos na cidade de Hamamatsu, onde o nosso judô brasileiro está desde o último dia 15, em aclimatação e treinamento visando o MUNDIAL DE JUDO, que acontece no BUDOKAN, aqui em Tokyo de 25 de agosto a 1º de setembro.

QUILISPORT NA PRÉ COBERTURA DE TOKYO 2020

QUILISPORT COM JUDÔ DO BRASIL:

 JUDO BRASILEIRO JÁ ESTÁ EM HAMAMATSU-JAPÃO

A delegação de judô do Brasil desembarcou nesta quarta-feira, 14, no Aeroporto Internacional de Narita, em Tóquio, para a fase final de preparação para o Campeonato Mundial de Judô, que acontecerá na cidade olímpica no período de 25 de agosto a 1º de setembro. Judocas que disputaram os Jogos Pan-Americanos de Lima vieram direto do Peru para o Japão, onde se encontraram com o restante da delegação que veio do Brasil.

A equipe ficará concentrada na cidade de Hamamatsu, a aproximadamente 250 quilômetros de Tóquio, para o período de aclimatação ao fuso-horário e últimos treinos antes da estreia na Nippon Budokan.

Hamamatsu abriga a maior colônia de brasileiros no Japão e a prefeitura local, em parceria com a CBJ e com o COB, preparou tudo para que os judocas brasileiros sintam-se, realmente, em casa. A operação servirá ainda como teste para os Jogos Olímpicos, já que a cidade será a base do judô também em 2020.

Na manhã de quinta-feira, 15, noite de quarta no Brasil, a seleção foi ao dojô do Ginásio Yuto para o primeiro treino da semana em solo japonês. A atividade contou com o apoio de judocas locais da Omori Judo Club e também de um time de atletas das categorias de base do Brasil trazidos pela CBJ. A estratégia visa fortalecer o processo de transição e renovação do judô nacional, além de ser um treinamento de luxo para os judocas da seleção júnior (sub-21) que lutarão o Mundial da classe em outubro, no Marrocos.

"Nesta semana os treinos de judô serão priorizados pela manhã e a tarde a gente vai fazer um trabalho técnico ou um trabalho físico. É uma semana mais de lapidação. Fazemos randori, mas com pouca intensidade, buscando corrigir os erros e ajustar os detalhes", explicou a peso médio da seleção feminina Maria Portela (70kg).

No total, a delegação em Hamamtsu conta com 32 atletas, entre convocados para disputar o Mundial Individual, Por Equipes e atletas para apoio nos treinos. Confira a lista completa abaixo:

Convocados para o Mundial Individual e Equipes

Eric Takabatake (60kg)
Felipe Kitadai (60kg)
Daniel Cargnin (66kg)
Eduardo Yudy Santos (81kg)
Rafael Macedo (90kg)
Leonardo Gonçalves (100kg)
Rafael Buzacarini (100kg)
Rafael Silva (+100kg)
David Moura (+100kg)

Larissa Pimenta (52kg)
Eleudis Valentim (52kg)
Rafaela Silva (57kg)
Ketleyn Quadros (63kg)
Alexia Castilhos (63kg)
Maria Portela (70kg)
Mayra Aguiar (78kg)
Maria Suelen Altheman (+78kg)
Beatriz Souza (+78kg)

Convocados apenas para o Mundial Por Equipes

Eduardo Katsuhiro Barbosa (73kg)
Jeferson Santos Junior (73kg)
Tamires Crude (57kg)
Ellen Santana (70kg)

Apoio 

Tiago Palmini
Arthur Stein
Samanta Soares
Amanda Arraes
Caio Kiwada
Jonathan Freitas
Gustavo Gomes
Matheus Pereira
Kayo Santos
Edu Lowgan Ramos

Foto: Valter França/COB
Release da jornalista LARA
 NOTA DO EDITOR - Nossa colega Lara, da Assessoria de Imprensa da C.BJ, está com a delegação em HAMAMATSU. Nós viajaremos no domingo, daqui de TOKYO juntamente com o EDVALDO SHIO para estar na COLETIVA Á IMPRENSA, às 10h30min, no local de treinamento, Ginásio Yuto.
   Aqui em TOKYO estivemos no BUDOKAN onde vai acontecer o MUNDIAL DE JUDÔ, de 25 de agosto a 1º de setembro, assim como os JOGOS OLIMPICOS.