segunda-feira, 18 de novembro de 2019

NOSSO SITE COM A CONFEDERAÇÃO BRASILERIA DE HANBEBOL

QUILISPORT NA PRÉ-CBERTURA TOKYO 2020:

Seleção Feminina de Handebol se reúne no Japão para desafio antes do Mundial

 

Por: Imprensa da CBHb
BRASIL DISPUTA COPA JAPÃO DE HANDEBOL ANTES DO MUNDIAL EM KUMAMOTO .





As 18 atletas convocadas pelo técnico espanhol Jorge Dueñas para o Campeonato Mundial de Handebol Feminino vão se encontrar no dia 19 de novembro, em Ota, cidade que tem uma base do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), para iniciar os preparativos finais ao torneio do qual foi campeã em 2013. Durante dez dias a equipe vai realizar a aclimatação na cidade que fica a aproximadamente 30 minutos da capital Tóquio. O técnico Jorge Dueñas e as atletas que jogam na Europa, vão direto para Ota. Do Brasil sai o restante da comissão técnica e mais a ponta Ana Claudia Bolzan, do Esporte Clube Pinheiros.
Antes do embarque para Kumamoto, onde acontece o Mundial, a Seleção Brasileira vai disputar uma competição contra Japão, França e Eslovênia que vai servir como evento-teste para as Olimpíadas de Tóquio 2020. A Japan Cup 2019 acontece nos dias 21, 23 e 24 de novembro.
"Estamos com uma expectativa muito boa quanto à participação da Seleção Brasileira no Mundial de Kumamoto. Este ano tivemos todas as fases de treinamento realizadas com participação em vários torneios Quatro Nações, a conquista da vaga olímpica em Lima e agora a preparação final já com um período de aclimatação e mais um torneio preparatório. Também temos total confiança na comissão técnica, em especial na grande experiência do técnico Jorge Dueñas", disse Ricardo Souza, presidente em exercício da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb).
Veja a tabela de jogos da JAPAN CUP 2019 (Shibuya):
QUINTA | 21 NOV
05H30 | FRANÇA X BRASIL
08H00 | JAPÃO X ESLOVÊNIA
SÁBADO | 23 NOV
05H30 | ESLOVÊNIA X BRASIL
08H00 | JAPÃO X FRANÇA
DOMINGO | 24 NOV
05H30 | JAPÃO X BRASIL
08H00 | ESLOVÊNIA X FRANÇA
*Horários de Brasília
As convocadas:
Goleiras: Bárbara Arenhart (Vaci Noi Kezilabda/HUN), Gabriela Moreschi (Fleury Loiret/FRA) e Renata Arruda (Bera Bera/ESP);
Pontas: Adriana de Castro (Bera Bera/ESP), Ana Cláudia Bolzan (Esporte Clube Pinheiros/BRA), Alexandra Nascimento (Érd HC/HUN), Larissa Araújo (CSU Cluj Napoca/ROM) e Mariana Costa (CS Gloria Bistrit Nasaud/ROM);
Centrais: Ana Paula Belo (Rostov/RUS), Bruna de Paula (Fleury Loiret/FRA) e Patrícia Machado (MKS Zaglebie Lubin/POL);
Armadoras: Deonise Fachinello (Bourg de Péage/FRA), Eduarda Amorim (Gyori Audi Eto KC/HUN), Jaqueline Anastácio (Magura Cisnadie/ROM) e Samara Vieira (SCM Ramnicu Valcea/ROM);
Pivôs: Elaine Gomes (CSM Corona Brasov/ROM), Isaura Menin (Rincón Fertilidad Malaga/ESP) e Tamires Araújo (HC Dunãrea Brãila/ROM).
Comissão Técnica: Jorge Duenas (Técnico), Juan Carlos Solar (Auxiliar Técnico), Cristiano Rocha (Auxiliar Técnico), Álvaro Casagrande (Supervisor), Jéssica Rocha (Fisioterapeuta) e Pauline Bittencourt (Médica).
A Confederação Brasileira de Handebol é parceira do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e da Kempa Brasil.

COBERTURA DE QUILISPORT -   A pouco fizemos contato com a BIG MIDIA, com a Juliana e com a CBHb, presidente RICARDO SOUZA para informar da disposição de QUILISPORT na cobertura da participação da nossa SELEÇÃO BRASILEIRA FEMININO, no Japão. Além desses contatos, estamos com o colega Jornalista DANIEL do COB, que está já no Japão e lá temos o GUSTAVO BAJOTTO, que nos informa que a cidade Kumamoto, onde vai se realizar o MUNDIAL, fica a 1.200 km de Tokyo e que os jogos da COPA JAPÃO, de 21 a 24 serão num ginásio em OTA, Japão e não na Arena que serão disputados os JOGOS OLIMPICOS, modalidade de handebol, que visitamos em agosto desse ano, por ocasião da pré-cobertura Olimpica de QUILISPORT.

NOSSO SITE COM O COB SELEÇÃO BRASILEIRA FEMININA DE HANDEBOL




Rio de Janeiro, 18/11/2019
Seleção Brasileira feminina de handebol realiza último teste do ano nas bases do COB no Japão
Em preparação para o Campeonato Mundial, equipe nacional ficará em Ota de 19 a 29 de novembro
\
Seleção feminina de handebol é hexacampeã dos Jogos Pan-americanos - Foto: Wander Roberto/COB

O ano olímpico se aproxima e o planejamento esportivo do Comitê Olímpico do Brasil (COB) segue a todo vapor. A partir desta terça-feira, dia 19, quando a Seleção Brasileira feminina de handebol desembarcar em Tóquio, terá início a última operação de 2019 nas bases do Time Brasil no Japão. Durante dez dias, a equipe utilizará a estrutura do Youth Exchange Center, na região de Ota, em preparação para o Campeonato Mundial da modalidade, que acontece entre 30 de novembro e 15 de dezembro, em Kumamoto. Além dos treinamentos na base do COB em Ota, a equipe comandada pelo espanhol Jorge Dueñas disputará um torneio amistoso contra Eslovênia, França e Japão, de 21 a 24 de novembro.

"Poder fazer essa aclimatação tão próxima ao local dos jogos é sem dúvidas de extrema importância pra que a gente possa chegar ao campeonato nas condições físicas perfeitas para competir. São muitos os fatores que influenciam na nossa performance e passar mais de dez dias antes da competição no ambiente em que vamos competir vai ter um impacto positivo no nosso trabalho, para que a gente esteja 100% adaptadas para quando os jogos começarem", avaliou a goleira Barbara Arenhart.

"É sempre bom conhecer a estrutura do COB, que está sempre tão determinado a ajudar a melhoria de todos os esportes, e dar apoio para as modalidades que precisam. Vai ser muito interessante conhecer uma de suas bases", reforçou Duda Amorim, uma das remanescentes do grupo campeão mundial em 2013.

Além de base de treinamentos, a sede de Ota servirá como ponto de apoio para a complexa logística de uniformes da delegação brasileira. Ao longo do ano, o COB ofereceu o mesmo nível de serviço em todos os locais e realizou ações de engajamento com a comunidade local e a brasileira que reside no Japão.

"Para gente é um privilégio ter todo o apoio que o COB, ainda mais nesta fase preparatória para o Mundial. Poder ter a segurança do suporte do Comitê Olímpico do nosso país nos dá mais forças para focar no dia a dia da preparação, sabendo que temos o melhor em termos de estrutura. Este período pré-olímpico é sempre muito intenso pra todos nós atletas e saber que o COB tem um lugar no Japão para abrigar as necessidades das seleções, é sempre um motivo para que a gente possa ficar tranquilos e focar ainda mais no nosso trabalho", destacou a goleira Barbara.

Desde o ano passado, o Time Brasil já está treinando com frequência no Japão. Em 2018, seis diferentes modalidades testaram as bases no país. Já em 2019, nove modalidades utilizaram as instalações para se adaptarem às particularidades locais. O fuso horário é um dos principais fatores que está sendo levado em conta no planejamento do COB para os Jogos Olímpicos de 2020. O clima quente de Tóquio nesta época do ano é outro ponto de atenção que já está sendo trabalhado pelo COB. As oito bases de apoio do Time Brasil farão de Tóquio 2020 a operação mais complexa da história olímpica brasileira.

"Estar em um país tão diferente do nosso sempre gera um estresse e uma ansiedade em saber o que vamos encontrar pela frente. Ter a oportunidade de viver essa experiencia com meses de antecedência nos dá a certeza de que chegaremos aos Jogos Olímpicos mais adaptadas, mais preparadas e sabendo em que condições podemos chegar para competir sem sofrer com as novidades que podemos encontrar", avaliou Babi.

Para Tóquio 2020, além de toda estrutura para treinamento e recuperação dos atletas, o COB dará uma atenção especial à questão da alimentação. Nas principais bases de apoio do Time Brasil haverá culinária brasileira para que o atleta se sinta em casa no Japão. Um profissional brasileiro já atende as delegações brasileiras no país e lidera um processo de treinamento de cozinheiros japoneses.

Antes da abertura da Vila e durante os Jogos, os atletas terão à disposição bases em Chiba, Enoshima, Hamamatsu, Sagamihara, Saitama, Ota, Koto e Chuo, esta última bem perto da Vila Olímpica.

Atenciosamente,
Comunicação
Daniel Varsano / Valter França / Claudia Fernandes / Alexandre Massi
Tels: 21-2494.2085- imprensa@cob.org.br


COBERTURA DE QUILISPORT -   A pouco fizemos contato com a BIG MIDIA, com a Juliana e com a CBHb, presidente RICARDO SOUZA para informar da disposição de QUILISPORT na cobertura da participação da nossa SELEÇÃO BRASILEIRA FEMININO, no Japão. Além desses contatos, estamos com o colega Jornalista DANIEL do COB, que está já no Japão e lá temos o GUSTAVO BAJOTTO, que nos informa que a cidade Kumamoto, onde vai se realizar o MUNDIAL, fica a 1.200 km de Tokyo e que os jogos da COPA JAPÃO, de 21 a 24 serão num ginásio em OTA, Japão e não na Arena que serão disputados os JOGOS OLIMPICOS, modalidade de handebol, que visitamos em agosto desse ano, por ocasião da pré-cobertura Olimpica de QUILISPORT.