segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Fonte: BOLETIM ELETRÕNICO DO CREFRS

   
27/01/2020
Fonte: CREF2/RS

Entre os dias 18 a 22 de janeiro, o CREF2/RS participou do 35º Congresso Internacional de Educação Física – FIEP 2020, que neste ano teve como tema principal “O Profissional de Educação Física na América Latina”. O congresso contou com 25 cursos de atualização e aperfeiçoamento, apresentação de trabalhos científicos, feira de material esportivo e outras atividades. Paralelamente aos cursos promovidos pela FIEP, também ocorreram os eventos XII Fórum de Educação Física Escolar, Seminário Paralímpico Brasileiro, IX Seminário de Atividade Física na Atenção à Saúde, III Fórum do Esporte do CONFEF e X Seminário de Direito e Legislação Desportiva.

O Congresso Internacional de Educação Física é o maior e mais importante evento da Federação Internacional de Educação Física – FIEP, sendo realizado anualmente na cidade de Foz do Iguaçu (PR), desde 1986. O Congresso é organizado por Almir Gruhn (CREF 000001-G/PR) e já recebeu mais de 55 mil participantes desde a sua primeira edição.

Os conselheiros Clery de Lima (CREF 000297-G/RS), Carla Pretto (CREF 006564-G/RS), Carlos Castilhos (CREF 000877-G/RS), Ninon Leal (CREF 001350-G/RS), Alessandro Gamboa (CREF 001534-G/RS), Ana Haas (CREF 004563-G/RS), Carmen Masson (CREF 001910-G/RS), Débora Garcia (CREF 002202-G/RS), Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS) e Claudio Franzen (CREF 003304-G/RS) representaram o CREF2/RS durante o Congresso. Também estiveram presentes no evento o vice-presidente do CREF2/RS Giovanni Bavaresco (CREF 001512-G/RS) e a presidente da Comissão de Educação Física Escolar Miryam Brauch (CREF 006834-G/RS).

Segundo Lima, o CREF2/RS pode mostrar, durante as atividades do Congresso, o papel que desempenha em defesa do profissional de Educação Física em diversos Programas de Saúde, como já ocorre em relação ao Conselho Municipal de Saúde de Santa Maria (CMS-SM). “Em Foz do Iguaçu, levamos a nossa ação para o conhecimento do Conselho Nacional de Saúde e para secretários de Educação de outros municípios”, contou. “A nossa solicitação foi de que o Sistema CONFEF/CREFs assuma esta campanha para consolidar a Educação Física na Saúde, já que o próprio Ministério da Saúde está dando uma atenção especial para o assunto”, complementou.

PARTICIPAÇÃO NO CONGRESSO DE FOZ



DEFENDENDO  A EDUCAÇÃO FÍSICA NA SAÚDE
                                            *Clery Quinhones de Lima


         A nossa participação no 35º CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO FISICA em FOZ DO IGUAÇU, de 18 a 22 de janeiro de 2020,  deu continuidade ao que temos feito desde a sua criação, 1986 e agora respaldado pelo nosso CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA- CREFRS e CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE de SANTA MARIA, fortaleceram ainda mais as nossas ações.
         Considerando que o CREFRS assumiu perante o CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE de  Santa Maria, a defesa do PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FISICA - PEF nos Programas de saúde, lá fizemos essa defesa e as pessoas estão recebendo de forma agradável e simpática, inclusive se estendeu em FOZ a toda  classe da EDUCAÇÃO FÍSICA. Fizemos entender e saber a AÇÃO DO CREFRS e CMS-SM ao CONSELHO NACIONAL DOS SECRETÁRIOS DE EDUCAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS, através da vice-presidente Cristiane Napoleão, de Ubiratã-PR;  SOCIEDADE BRASILEIRA DE ATIVIDADE FÍSICA – SBAF, PEF -  Paulo Guerra – Chapecó-SC, Diretor Científico e o MINISTÉRIO DE SAUDE, através da Coordenação de ATIVIDAE FISICA,  PEF - Paula Sandreschi –DF.

           Por isso encaminhamos um relatório à diretoria do CREFRS evidenciando que o CONGRESSO DE FOZ, principalmente em seus eventos paralelos, tiveram enfoques do trabalho do PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO física –PEF. Nossa solicitação foi de que o SISTEMA CONFEF/CREFs e ENTIDADES da ÁREA assumam essa campanha para se consolidar a EDUCAÇÃO FISICA na SAÚDE, já que o próprio MINISTÉRIO DA SAÚDE está dando especial atenção.

         1 – Que o CREFRS dê especial atenção á Comissão de Atividade Física e Saúde/CREFRS a fim de que possa junto com a diretoria e demais Comissões, desenvolver/promover e propagar essa campanha de ações conjuntas na COMUNIDADE;

          2- Que o CREFRS seja o pioneiro no sentido, pois se o próprio MINISTÉRIO DA SAÚDE está dando apoio, então mais do que nunca, os Conselhos Regionais de Educação Física: CREFRS/CREF-SC e CREF-Rio – esses estão engajados na campanha -  insistam com o CONFEF para que seja desenvolvido uma AÇÃO INTEGRADA CONSCIENTE para unificar ações pelos CREFs do BRASIL, principalmente com as COMISSÕES DE ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE de todos os CREFs para fazer vingar a atuação dos PEFs nos Programas de Saúde em  todos os MUNICÍPIOS BRASILEIROS.

         3- Que o CREFRS com a sua Assessoria de Comunicação Social desenvolva uma campanha de esclarecimento e identificação que o PEF é um Profissional também da Saúde;

        
POSICIONAMENTO_____________________________________

Não temos a menor dúvida de que hoje a EDUCAÇÃO FÍSICA vive o seu melhor momento, mas precisa melhorar a sua qualidade, a fim de que não venha perder o espaço conquistado. Temos que nos integrar às INSTITUIÇÕES FORMADORAS DO PEF, ÀS PROFISSÕES DE SAÚDE ( IES, Conselhos, Sindicatos); ÓRGÃOS PÚBLICOS DA ÁREA; EXECUTIVOS E LEGISLATIVOS FEDERAIS/ESTADUAIS e MUNICIPAIS e junto a isso fazer uma campanha maciça com os nossos profissionais, incentivá-los de que a responsabilidade, a oportunidade  está em nossas mãos e que nós trabalhamos com vidas. Imaginemos: Quando pensaríamos de que a EDUCAÇÃO FISICA, no passado , quase sinônimo de ESPORTE – isso foi consolidado -  hoje se encaminha para conjugar com a SAÚDE, por haver o entendimento dos especialistas da área, muitas autoridades e pessoas de que a EDUCAÇÃO FÍSICA/ATIVIDADE FISICA é prevenção à doença e com isso o GOVERNO precisa se voltar a essa realidade e atuar na PREVENÇÃO e não na DOENÇA INSTALADA. O Ministério da Saúde, principalmente o CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE intensificam a fala em cima da ATENÇÃO BÁSICA, PRIMÁRIA, SAÚDE DA FAMILIA que é inicial e pode ser atacada com êxito, diminuindo a OBESIDADE, MORTES  e outros atrapalhos na sáude da POPULAÇÃO DO PAÍS. 
Confessamos que saímos fortalecidos do CONGRESSO DE FOZ, otimista e pronto, cada vez mais, para trabalhar.
Fazemos um especial agradecimento  ao CREFRS e ao CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE – SANTA MARIA, que têm dado, até então,  o respaldo para que nós , representando essas ENTIDADES, pudéssemos fazer a defesa da EDUCAÇÃO FÍSICA como postulante a um lugar mais alto da conquista, da vitória, “UM PÓDIO NA SAÚDE”. A saber que SANTA MARIA encaminha-se para essa implantação e que a cidade do RIO DE JANEIRO e o estado de Santa Catarina estão adiantados nesse processo.

*Profissional de Educação Física, jornalista, Conselheiro do CREFRS/CMS-SM